Refletindo um pouco sobre Marcos

Hoje, quando pedi uma Palavra para Deus, não tinha ideia do que iria aprender. O texto dado foi:

Marcos 6.45-52 (ARC) – Jesus anda por sobre o mar

6.45   E logo obrigou os seus discípulos a subir para o barco, e passar adiante, para o outro lado, a Betsaida, enquanto ele despedia a multidão.

6.46   E, tendo-os despedido, foi ao monte para orar.

6.47   E, sobrevindo a tarde, estava o barco no meio do mar, e ele, sozinho em terra.

6.48   E, vendo que se fatigavam a remar, porque o vento lhes era contrário, perto da quarta vigília da noite, aproximou-se deles, andando sobre o mar, e queria passar adiante deles,

6.49   mas, quando eles o viram andar sobre o mar, pensaram que era um fantasma e deram grandes gritos.

6.50   Porque todos o viram e perturbaram-se; mas logo falou com eles e disse-lhes: Tende bom ânimo, sou eu; não temais.

6.51   E subiu para o barco para estar com eles, e o vento se aquietou; e, entre si, ficaram muito assombrados e maravilhados,

6.52   pois não tinham compreendido o milagre dos pães; antes, o seu coração estava endurecido.

Lendo este texto, o que mais me chamou a atenção foi a maneira como Marcos escreveu o versículo 52, quando ele diz que os discípulos “não tinham compreendido o milagre dos pães; antes, o seu coração estava endurecido.

Apesar de Marcos não ter sido escolhido entre os doze (mencionados em Mateus 10), a saber: Simão, chamado Pedro e o seu irmão, André, Tiago e o seu irmão, João (filhos de Zebedeu), Filipe, Bartolomeu, Tomé, Mateus, o publicano (nome dado aos coletores de impostos nas províncias do Império Romano), Tiago (filho de Alfeu), Tadeu, Simão (o Zelote) e Judas Iscariotes, ele (Marcos) testemunhou grande parte dos fatos ocorridos, inclusive o milagre no qual Jesus tinha acabado de alimentar 5 mil pessoas (em Mt 14.13-21; Mc 6.30-44; Lc 9.12-17; Jo 6.5-13).

Então, pareceu-me que Marcos tinha entendido (e os discípulos não) que:

– este milagre dos pães, assim como outros que Jesus realizou, foi para comprovar que o reino estava sendo oferecido.

– que Jesus não estava apenas provendo o pão para as multidões, mas treinando os discípulos ao dizer: “Dai-lhes vós mesmos de comer” (Mc 6.37), Jesus estava ensinando que a missão deles não era mandar as pessoas embora, mas alimentá-las.

Muitas vezes, eu já me senti como se tivessem me mandando embora… outras, já me mandaram embora!

Certa vez, Marcos passou por algo parecido.

Em Atos 15.36-41, Paulo e Barnabé (primo de Marcos Cl 4.10) se separam por causa de Marcos. Paulo tinha decidido que ele e Barnabé deveriam retornar para as igrejas que haviam fundado, a fim de observar o trabalho da congregação e fortalecer-lhes a fé. Barnabé queria levar João Marcos (At 15.37) com eles, mas Paulo se opôs, uma vez que o jovem Marcos os havia abandonado na primeira viagem ( At 13.13b).

Paulo e Barnabé tiveram uma grande discussão por causa desse assunto (At 15.39) e, então, seguiram caminhos diferentes. Barnabé levou consigo João Marcos, e viajaram para Chipre. Paulo Levou consigo Silas, e retornaram para a Síria e a Cilícia. Alguns estudiosos dizem que não existe nenhum registro de que Paulo e Barnabé tenham trabalhado juntos novamente.

Contudo, mais adiante, vemos que a fé de Barnabé em João Marcos mostrou-se justificada e Marcos tornou-se um valoroso obreiro cristão (2Tm 4.11).

Logo, assim como Marcos observou, é preciso não ter o coração endurecido para compreender o milagre dos pães. Barnabé não mandou Marcos embora.

Para poder reconhecer Jesus andando por sobre o mar para nos livrar dos ventos fortes, temos, primeiro, que compreender o milagre dos pães. Assim, estaremos prontos para reconhecer os outros grandes milagres!

Deus te abençoe! =) 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s